Você conhece a Lira Acrobática?

A Lira acrobática é um aparelho que tem origem no circo, utilizada para exercícios e performances e com diversas finalidades. Provavelmente recebeu esse nome pela similaridade com o instrumento musical. Criada para espetáculos circenses, atualmente é encontrada em, além de escolas de circo, estúdios de aéreos, estúdios de pilates e até espaços abertos.

O primeiro registro conhecido da Lira acrobática é de 1893, em um anúncio de classificados da revista norte-americana "The New York Clipper", onde um artista apresentado como Ceado divulga seus serviços.

Revista Clipper 1983

Fonte: Illinois Digital Newspaper Collection


No anúncio o artista aparece sentado sobre um aparelho similar a lira moderna. O inventor da lira é um mistério, porém acredita-se que ela seja uma evolução do trapézio. De lá para cá pouco se falou sobre a Lira, e ela teve aparições bastante pontuais. O seu retorno triunfal aconteceu apenas em 2003, quando foi inserido um número de lira acrobática no espetáculo Varekay, do Cirque du Solei.


Evolução da Lira

por: Killian Emile Juareaux Jones


A atividade que hoje já está bem disseminada desenvolve força física, equilíbrio e flexibilidade. Pode ser praticada por pessoas de qualquer idade, tamanho ou gênero, e apesar das performances de impressionante complexidade que vemos por ai, não exige grande força ou alongamento para principiantes. Pelo contrário ela se tornou um importante aliado para garantia de um melhor condicionamento físico.


A modalidade ainda é nova, apesar de já ser possível encontrar alguns materiais de sistematização de exercícios e figuras. Além disso é importante que seja praticada em ambiente seguro, uma vez que a Lira é um aparelho suspenso. Muitos adultos recorrem a lira como uma forma lúdica de exercitar o corpo, e com isso, também liberar tensões do dia a dia. A dança e a expressão artística fazem parte desse contexto, e por ser um aparelho individual permite o desenvolvimento de uma linguagem própria para cada praticante.

Exercício na Lira Acrobática

Fonte: Movimento Volitans


Curiosidades:


Fern Andra

É comum nos depararmos com a foto abaixo quando pesquisamos sobre a história da lira. Talvez por que é o registro onde o aparelho mais se parece com o instrumento. A foto retrata a estrela do cinema mudo Fern Andra em 1917, do filme Des Lebens ungemischte Freude. Fern demonstrou suas habilidades artísticas na tela em várias produções, com filmes como " Um Krone und Peitsche " 1) (1919), "Des Lebens und der Liebe Wellen" (1921) ou "Funkzauber" (1927) , brilhando como trapezista, equilibrista ou domadora.


Filha de artistas, iniciou sua carreira ao lado do irmão e nos EUA, mas logo se mudou para Berlim onde fez seu primeiro filme mudo "Ave Maria" (diretor: Charles Decroix) em 1913. Fern Andra se tornou uma estrela do cinema mudo da noite para o dia, mas no início da Primeira Guerra Mundial a empresa cinematográfica "Gaumont" fechou e Fern Andra fundou sua própria produtora "Andra-Film". Só na Alemanha, mais de 40 filmes foram feitos por e com Fern Andra, que habilmente dirigiu e comercializou a si mesma.

Como a heroína-título de suas peças cinematográficas, encarnava os mais diversos personagens, de pobres pescadoras a filha de milionário, de escrava a rainha, ela era a estrela absoluta daquele início do cinema. Um de seus últimos papéis em uma produção alemã foi o da lendária dançarina Cléo de Mérode em "Women of Passion" (1926), de Rolf Randolf.

A diva do cinema mudo foi uma das grandes estrelas da época ou uma das pioneiras do cinema. Muitos dos filmes de Fern Andra são considerados perdidos. Apenas alguns sobreviveram muitas vezes em versões restauradas.


O Rei do Show

Apesar da espetacular performance de no filme que conta a história de Phineas Taylor Barnum (1810 - 1891) não há nenhuma evidência da coexistência entre o aparelho e o empresário.


Cena de The Greatest Showman


Apesar da primeira aparição em 1893, a teoria mais provável é que o equipamento tenha sido desenvolvido por Edward van Wyck, conhecido por fabricar equipamentos de malabarismo de varejo. De acordo com a Billboard em 1902, quase todos os malabaristas na América e na Europa usavam tacos fabricados por van Wyck .


Enfim

Agora que você já conhece um pouco mais sobre esse incrível aparelho, encontre uma aula que se encaixe no seu horário e ajude a levar essa linguagem artística cada vez mais longe!


Fonte:

https://historyofyesterday.com/the-history-of-aerial-hoop-fd39c2803732

http://www.steffi-line.de/archiv_text/nost_buehne/05f_fern_andra.htm

https://idnc.library.illinois.edu

16 visualizações0 comentário